Para Deus

Minha intenção, Senhor, não é penetrar em tua profundidade, porque de forma alguma posso compará-la à minha inteligência; porém desejo compreender a tua verdade, ainda que imperfeitamente, essa verdade em que meu coração crê e que ele ama. Porque não procuro compreender para crer, mas creio para vir a compreender. Na verdade, creio porque se não cresse não viria a compreender.

(Anselmo de Canterbury)

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star